segunda-feira, 20 de junho de 2011

Rapidinha - Verdade ou Desafio (1 foto)

Rapidinha - Verdade ou Desafio


Eu e a Ana decidimos passar o fim de ano no litoral e fomos convidados pela irmã dela para irmos numa festa. Eu não costumo ir em festas, principalmente quando tem uma galera mais jovem, mas para não contrariar acabei aceitando.
Chegando lá, eu fiquei meio sem jeito porque a única mulher da festa, tirando a irmã da Ana, era a minha esposa. O sobrinho da Ana tinha levado mais quatro colegas da faculdade que não desgrudavam os olhos da Ana. No começou não estava gostando muito, mas depois até ficava orgulhoso de saber que minha mulher estava abafando naquela festa e colocando muita menininha novinha no chinelo.

A Ana, apesar dos seus 44 anos, tem um corpo bastante cobiçado e um ar meio misterioso. Ela é bastante vaidosa e carrega no dedo a nossa aliança de casamento há mais de 22 anos. Apesar de tímida, quando bebe um whisky, logo se solta, e passa a ser uma mulher ainda mais divertida e excitante.
Lá pelas tantas, o sobrinho de Ana foi se deitar pois estava completamente bêbado. Sobraram os amigos dele, Thiago, Marcelo, Cláudio e Jorginho que se esforçavam para não deixar o copo de whisky da minha esposa esvaziar. O Thiago sugeriu que jogássemos verdade ou castigo. Na hora recusei, porque achava que seria apenas mais uma brincadeira enfadonha daqueles moleques riquinhos, mas para a minha surpresa a Ana topou na hora e me perguntou se tinha algum problema de ela jogar com os garotões. Eu disse que não tinha, mas que eu ria só ficar olhando. Os rapazes se olharam e entre risinhos dava para escutar eles comentando entre si:
- Hum, gosta de olhar, heim?
- Ixi, o cara é voyer, brother?
- Na minha terra a gente chama isso de corno mesmo...hahahah
Enquanto eu lançava um sorriso amarelo em direção aos rapazes, o Marcelo pediu a palavra e explicou as regras do jogo:
- A gente senta em círculo e roda uma garrafa de vinho vazia na mesa. Quando ela parar, quem estiver na direção do fundo da garrafa pergunta VERDADE ou DESAFIO. A pessoa que estiver na direção do gargalo ou escolhe VERDADE e responde a pergunta, sem mentir ou responde DESAFIO e aceita um desafio proposto por quem fez a pergunta.
Todos aceitaram as regras e a Ana parecia ansiosa pelo começo do jogo.

1a. rodada - Cláudio pergunta para Thiago
- Tu já levou um chifre, brother?
- VERDADE, respondeu Thiago
Todos riram achando que já era a respota do Thiago, mas ele emendou:
- VERDADE, eu acho que nunca levei...mas to louco pra colocar um galera...uhu!
Todos riram mais ainda e encheram os copos para a próxima rodada.

2a. rodada - Jorginho pergunta para Ana
- Ae Ana... você já colocou um chifre no seu maridinho?
Na hora a Ana ficou vermelha e o jogo começou a ficar apimentado. Ela não arrsicou e disse DESAFIO.
O Jorginho deu o desafio na hora:
- Ana, sinto muito, mas você vai ter que ficar só de calcinha.
A Ana ficou corada e olhou pra mim e eu fiz uma cara do tipo: jogo é jogo, perdeu tem que cumprir. Ela ainda tentou enrolar, mas os rapazes gritavam:
- Tira, tira, tira...
Eu não acreditei quando a Ana começou a fazer um strip. Parecia uma verdadeira puta na frente daquele garotões que incentivavam a cada peça que Ana tirava. Ela ainda sentou de novo e tentava esconder os seios, mas acabou desistindo e até ficava provocando aqueles marmanjos empinando os peitinhos.
O pessoal sentou novamente em lugares diferentes e foram para a 3a. rodada.

3a. rodada - Marcelo pergunta para Ana.
- Ana... qual o tamanho exato em centímetros do membro do seu marido?
Pela reação dos rapazes, deu para notar que Marcelo era conhecido entre os colegas por ser bem dotado. A Ana novamente aceitou o desafio e o Marcelo já foi dando as instruções meio brincando e meio sério:
- Mostra pro seu marido o que é um pau de verdade.
A Ana não se conteve e foi logo arrastando o Marcelo perto dela, abaixou seu calção e disse olhando para mim, muito séria e com firmeza:
- Isso assim que é pau de verdade, benzinho.
A partir daquele momento, a festa se tornou numa verdadeira suruba e todos acabaram comendo a minha mulher na minha frente e me transformando num corno feliz.

2 comentários:

  1. Noooooossa!, será que meu maridinho topa um joguinho assim?, vou ver se consigo.

    ResponderExcluir
  2. Vou fazer esse jogo com minha esposa, ela vai querer perder sempre.

    ResponderExcluir